Antes de mais nada: esta é uma história verídica. Não aconteceu com um amigo de um amigo meu, mas com um blogueiro cearo-canadense de nome Israel Nobre, o Quibe(Kit? Cid? Não lembro...) na madrugada de ontem(ou hoje, eu perco a noção de tempo quando escrevo coisas pro futuro).

Deixa eu resumir a história que talvez ele próprio contará em seu blog, ou talvez já o tenha feito, novamente, o maior problemas da viagem no tempo é a conjugação verbal. Mas enfim: sujeito chegou em casa, tinha um carro parado na vaga de estacionamento dele, ele chama um guincho e, por alguma inspiração demoníaca de seu ser, resolve transmitir a coisa toda ao vivo pela internet.

O resultado foram mais de 1000 pessoas assistindo a um carro parado num estacionamento esperando o guincho chegar. Não estou inventando uma palavra sequer desta frase, aliás. Infelizmente também não tenho imagens, mas tenho ao menos um tuíte.

Ah, espera, eu tenho uma imagem, sim
Ah, espera, eu tenho uma imagem, sim

Enfim, você talvez esteja pensando o mesmo que eu, isto é, como desgraças isso acontece? Como um sujeito consegue botar mais de mil desocupados assistindo um carro?

A resposta curta é "não faço a mínima idéia". A longa é que existem muitos fatores em jogo. A personalidade do próprio Kid, que é carismático como o demo – embora seja em geral uma bela mala, isso eu realmente não entendo –, o fato de que esta criatura sem-noção que teve a idéia de "jênio" de transmitir um carro sendo guinchado tem 30 mil seguidores, e provavelmente o fato de que era madrugada e ninguém tinha coisa melhor pra fazer porque, venhamos e convenhamos, quem tem programa na madrugada de terça?

Mas eu divago. Há publicitários e "especialistas em social media"(um cargo profissional que eu respeito um pouco mais do que "ex-BBB", diga-se de passagem) que dariam a alma (da própria mãe) pra conseguir 1000 visualizações em uma página ou um vídeo com a repercussão que o Israel conseguiu – número 1 nos "Trendings" do Brasil, #4 no mundo –, mas a verdade é que publicitário e gente que vive de propaganda em geral não tem a visão de mundo necessária pra isso. Sujeito que pensa em "visualizações", "público-alvo" e "CPM" não tem carisma pra juntar gente que faça isso. Não adianta seu perfil ter 1.000.000 de seguidores se todos eles só te seguem pra conseguir mais seguidores ou te mandar propaganda(um ciclo vicioso do spam, sim).

Nunca imaginei que fosse ser flagrado citando político em campanha, mas acho que resumo isto em uma frase simples: isso é gente tuitando pra gente. Sacou?

...É, estou meio sem pauta. Da próxima vez coloco um vídeo ao vivo de tinta secando ou algo assim. Até.

PS.: Aparentemente eu e o Kid publicamos isso mais ou menos ao mesmo tempo. Aqui a cobertura dele próprio, provavelmente bem mais interessante e engraçada que a minha.