Bom, já faz um mundo de tempo que eu fiz uma resenha de webtira brasileira aqui, e esta em particular eu já tinha que ter feito faz aí há mais de mês, então é com bastante vergonha que eu estou dando um jeito de terminar essa resenha do... Mistiras!

Aêêêêêêê!
Aêêêêêêê!

Então, o Mistiras é um site que eu conheci porque eles resolveram me pedir uma ajuda com o projeto deles no Catarse – o que eu não canso de dizer, é algo surpreendente pra mim – e eu resolvi fazer uma contribuição consciente e conhecer o site e o produto antes de sair dando dinheiro só porque estão me pedindo. Não é só pedir com educação, a gente também avalia a causa. :P

Ah, se todo mundo tivesse um fã assim...
Ah, se todo mundo tivesse um fã assim...
Enfim, o que é o Mistiras? Bom, é um site de tiras. E isso é tudo. Não, espera, não é não. Pra começar, o Mistiras tem uma arte que eu acho interessante pelo traço meio caricatural que é novidade pra mim. E eu ainda não sei bem qual é a linha deles. Por um lado, eles fazem paródias de cultura popular, uma categoria que eu gosto de chamar de "tira de internet padrão". Sem ofensa. :P

Por outro lado eles tem uma pequena galeria de premissas recorrentes, uma delas sendo "Marcos Parlla, O Dublador", e sua ocasional namorada, que tem um humor ocupacional que não se vê todo dia; e uma paródia nordestina do mangá One Piece chamada "Um Teco", que é a minha atração favorita porque eu simplesmente não consigo resistir a uma paródia feita com amor. É, eu sei, ficou piegas pra caramba, mas dá pra sentir que a lição de Mel Brooks de só se fazer paródia daquilo que se gosta está presente, e o resultado é engraçado em vários níveis.

Gente, isso é só… genial, sabe?
Gente, isso é só… genial, sabe?
O único problema com o Mistiras é que o site foi feito no Blogger, e o Blogger sinceramente não é nada bom pra tiras, porque não tem uma barra de navegação acessível nem um arquivo onde seja fácil encontrar as tiras. Isso sem contar que os posts do blog ficam intercalados com as tiras, então a leitura é frequentemente quebrada no ritmo. Então, se eu tiver que fazer uma sugestão, que seja pra mudarem pra um ComicPress ou outro sistema de blog com melhor estrutura pra esse tipo de conteúdo.

Finalmente, porque o conteúdo me agradou bastante e eu estou agora acompanhando de perto como de costume, vamos ao que nos trouxe aqui: o livro Mistiras: Volume Um, que está sendo crowdfundeado no Catarse, e tem mais uma semana pra atingir a meta! O livro é o seu livro de tiras internéticas padrão, com as tiras mais arte inédita mais editoriais, e pra você que está a fim de financiar nosso bom quadrinho nacional – ou quer um encadernado barato por aí uns 15 contos – cheguem lá e dêem sua contribuição, que todo trocado ajuda. :D

E, na próxima vez que formos falar de quadrinhos, vamos falar de algo maior. Algo assim, grande e monstruoso, hehehe….