Com o recente banho de água fria que foi a repentina recusa da App Store argentina em aceitar cartões internacionais de outros países, eu me vi então na posição de escolher entre arriscar uma gambiarra ainda mais no limiar do ilegal, ou esperar a App Store BR finalmente abrir uma seção de jogos.

No meio tempo, a solução foi arriscar a seção Entretenimento. Lembro que a última vez que cheguei a arriscar um jogo que encontrei na App Store BR... bom, meio que só de longe aquilo parecia um jogo. Mas... a gente se vira com o que tem por ora. Por exemplo, Oscura.

Oscura
Oscura

Oscura é um jogo de plataforma em que você controla uma criatura sombria que deve retornar a luz  um farol para manter outras criaturas de sombras longe – por que essas são do mal.

O mundo é sombrio...
O mundo é sombrio...
A jogabilidade de Oscura é surpreendentemente boa por ser um jogo de plataforma que conseguiu implementar uma forma de controle simples, que se encaixa perfeitamente numa tela de toque sem criar um "joystick virtual", o que é horrível porque uma tela de toque não tem sensação tátil. Mas enfim, os controles são simples, tocando de cada lado da tela se anda e um segundo dedo faz o personagem pular. E um arraste na tela ativa um poder especial de fazer o tempo ficar mais lento.

...e as criaturas são bizarras!
...e as criaturas são bizarras!
A estética do jogo, pelo seu tema de luz e sombra, lembra bastante Limbo, mas enquanto Limbo se passa em uma floresta(e um complexo industria ou coisa do tipo) com inimigos naturais como pessoinhas raivosas, aranhas e... um tipo de parasita cerebral, o design dos inimigos em Oscura é mais bizarro, e pelo menos dá um ar mais original ao jogo.

Por fim, Oscura é um jogo bastante curto, especialmente se você não se importa em fechar o jogo 100%. Mas é um jogo divertido, bem feito e, por 2 dólares, é um dos melhores que a gente pode encontrar na loja brasileira por ora...

Nota: 3.5/5